COMPARTILHAR

Manifestantes saíram às ruas da Venezuela nesta quarta-feira (23) para protestar sobre a atual situação política do país. O opositor e líder da Assembleia Legislativa da Venezuela, Juan Guaidó, se autoproclamou presidente interino e assumiu o governo no lugar de Nicolás Maduro.

O juramento ocorreu durante uma série de manifestações pelo país, iniciadas na noite de ontem (22), que pedem o fim do governo Maduro.



A oposição convocou as manifestações que pedem a derrubada do governo de Nicolás Maduro. Ele tomou posse em 10 de janeiro, sendo considerado ilegítimo pela oposição e criticado por vários países.

A Venezuela enfrenta uma grave crise política, econômica e social, com escassez de alimentos e medicamentos, o que levou milhares de venezuelanos a imigrarem do país. A fome e a desnutrição atingem grande parte da população.



Leia também: Maduro diz que não se rende: 'Vamos ao combate'

Saiba quem é Juan Guaidó, principal nome da oposição na Venezuela

Brasil reconhece chefe do legislativo como presidente da Venezuela