COMPARTILHAR

Após três anos do rompimento de uma barragem da Samarco na cidade de Mariana (MG), um novo acidente envolvendo uma companhia da Vale foi registrado, nesta sexta-feira (25). Desta vez em Brumadinho, também em Minas Gerais. A notícia é destaque na imprensa mundial.

O jornal francês Le Figaro fala em "vários mortos", ainda que no momento não haja informações sobre vítimas fatais – os bombeiros mencionam 200 desaparecidos.



A notícia do desastre ganhou destaque no site da Reuters, que mencionou os trabalhos de resgate e o posicionamento oficial da Vale. Abordagem similar foi feita pelo Financial Times e pelo The Wall Street Journal. O Washington Post, por sua vez, deu ênfase às imagens que mostram os resíduos da barragem tomando as áreas verdes da região.

+ 'Era uma onda que vinha por cima da outra', diz funcionário



+ A cidade está um 'pandemônio', relata moradora de Brumadinho

Em nota, a Vale diz lamentar o ocorrido, indica a possibilidade ainda não confirmada de vítimas e que a prioridade, no momento, é apoiar o resgate "para ajudar a preservar e proteger a vida de empregados, próprios e terceiros, e das comunidades locais.