COMPARTILHAR

A ponte Morandi, em Gênova, cujo desabamento no dia 14 de agosto de 2018 deixou 43 mortos, será demolida entre 6 e 8 de fevereiro, informou a prefeitura da cidade italiana nesta segunda-feira (28). "Estamos prontos para derrubar o pilar e a primeira peça deverá cair entre 6 e 8 de fevereiro, embora ainda temos que ver exatamente quando será", disse o prefeito da cidade e comissário de reconstrução, Marco Bucci.

A nova ponte será construída pela empresa Salini Impregilo, com a Fincantieri, com um projeto cedido pelo arquiteto genovês e ícone mundial Renzo Piano.

Segundo Bucci, as "peças já estão saindo da ponte" e a demolição será "um bom momento e uma ocasião de dizer que as coisas estão se movendo para a frente". "Estamos fazendo um trabalho que não é preliminar, mas já a demolição das outras peças. A demolição praticamente já começou", acrescentou. O novo viaduto terá um custo de 202 milhões de euros. A previsão é que as obras sejam finalizadas em até 12 meses, com a construção a ser iniciada de fato no próximo mês de março. (ANSA)

Leia também: EUA elevam pressão sobre Maduro e anunciam sanções contra petrolífera

Comments

comments