COMPARTILHAR

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro, divulgou na tarde desta terça-feira (5), em sua conta no Twitter, o trailer do documentário “1964, o Brasil entre armas e livros”, filme que defende a ditadura militar.

O trailer diz que o documentário vai "resgatar a verdade sobre o período mais deturpado da nossa história".

A obra é assinada pela produtora “Brasil Paralelo”, criada em 2014 e que tenta revisitar a história do país, conforme destacou o jornal “O Globo”.

+ Novo procurador declara suspeição e deixa caso ‘Flávio-Queiroz’

Eduardo Bolsonaro disse em sua mensagem que “1964, o Brasil entre armas e livros”, vai estrear em 31 de março, dia do golpe que tirou o presidente João Goulart do poder. De acordo com o deputado federal, o documentário vai falar “verdades nunca antes contadas – muito menos pelo seu professor de história".

Aparecem no trailer Olavo de Carvalho, guru do presidente Bolsonaro e que se diz filósofo, e o jornalista William Waack.

1964, O FILME! Uma produção Brasil Paralelo @brasilparalelo que estreia nos cinemas dia 31 de MARÇO falando verdades nunca antes contadas – muito menos pelo seu professor de história! pic.twitter.com/l8vGl4ot0Q

— Eduardo Bolsonaro (@BolsonaroSP) February 5, 2019

Comments

comments