PODER, POLÍTICA & MERCADO – 09 Janeiro/2020

PODER, POLÍTICA & MERCADO – 09 Janeiro/2020

13
0
COMPARTILHAR
www.colunaesplanada.com.br

Crise no clã

A mãe do ex-governador Eduardo Campos e ministra do Tribunal de Contas da União (TCU), Ana Arraes, fez chegar aos caciques do PSB que pode radicalizar contra o neto João Campos (PSB-PE) e disputar a prefeitura do Recife este ano. A insatisfação da matriarca dos Arraes ganhou força depois que o pré-candidato a prefeito subiu o tom contra o tio, Antônio Gomes, durante audiência pública na Comissão de Educação da Câmara dos Deputados.

Pior

João Campos afirmou na audiência que o tio, presidente da Fundação Joaquim Nabuco, é “pior” que o titular da Educação, Abraham Weintraub.

A volta

A ministra do TCU cortou diálogo com o neto e diz que pretende voltar à política depois que deixar a corte de contas.

Alerta

A embaixada dos Estados Unidos em Brasília emitiu alerta de segurança aos cidadãos americanos residentes ou em visita no Brasil. “Tenha documentos de viagem atualizados e facilmente acessíveis”, recomenda o comunicado.

DPVAT

Depois da tentativa frustrada de extinguir o DPVAT – que indeniza vítimas de acidente de trânsito -, o Governo agora fecha o cerco contra a Seguradora Líder, consórcio que administra o seguro obrigatório.

Sobrepreço

A empresa foi notificada pelo Ministério da Justiça para prestar esclarecimentos sobre suposto sobrepreço do seguro. Também terá que prestar contas sobre a destinação dos recursos. A MP do Governo que extinguia o DPVAT foi derrubada em dezembro pelo STF.

Rui Barbosa

O deputado Marcelo Calero (Cidadania-RJ) assina ação popular e Projeto de Decreto Legislativo nos quais pede a suspensão da nomeação da presidente da Fundação Casa de Rui Barbosa, Letícia Dornelles, “por incapacidade técnica”.

Exonerações

Foram exonerados da Fundação, ontem, o diretor de pesquisa, Antonio Lopes, e quatro chefes do núcleo de pesquisa. Letícia é afilhada política do deputado Marco Feliciano, recém-expulso do Podemos.

Privatização

A Dataprev, estatal que processa dados de aposentadoria, demitirá 15% dos funcionários. A medida integra um plano de reestruturação às vésperas da privatização da companhia. A empresa fala em economia de R$ 93 mi com o fechamento de 20 filiais.

Bônus

O Nordeste recebeu a maior fatia dos recursos do bônus da cessão onerosa da exploração de petróleo na bacia de Campos. Foram liberados 32,7% dos valores, totalizando 3,8 bilhões.

Janeiro Marrom

Organizações e movimentos sociais lançaram nas redes sociais a campanha Janeiro Marrom para lembrar o rompimento da barragem da Mina do Córrego do Feijão, em Brumadinho, que completa um ano no próximo dia 25.

Comments

comments