Home CEARÁ Policiais desertores são presos pelo Batalhão de Choque

Policiais desertores são presos pelo Batalhão de Choque

20
0

Equipes do Batalhão de Choque da Polícia Militar do Ceará (BPChoque) prenderam 37 militares desertores identificados. As prisões ocorreram neste domingo (23). A PM não informa o local das prisões “por questões estratégicas”. O governo informou na noite deste domingo (23) que os oficiais fazem parte de uma lista de 61 policiais que tiveram nomes publicados em Boletim do Comando Geral, em razão de deserção especial.

Segundo o Governo do Estado, as prisões aconteceram desde as 16h deste domingo. A deserção especial – quando o militar deixa de apresentar-se na força em que serve – é um infração contida no Código Penal Militar, no artigo 190, que prevê pena de detenção de até três meses.

A assessoria de imprensa do Governo do Estado não informou se os policiais capturados estão envolvidos no motim realizado desde o último dia 18 de fevereiro, em protesto contra o reajuste salarial proposto pelo Governo.

Novo Batalhão

Os policiais militares que participam do movimento estarão sujeitos ao novo Batalhão Provisório para Custódia de Crimes Militares, criado no último sábado (22), conforme portaria do Comando Geral da Polícia Militar. A unidade será encabeçada pelo tenente-coronel Alexandre Rodrigues.

A portaria define a criação “de forma temporária” para receber os policiais e bombeiros militares submetidos a autos de prisão em flagrante e termos de deserção e condenações, todas relacionadas “com as manifestações de paralisações das atividades” no Estado.

O documento considera a necessidade da administração militar empreender esforços “no tocante a sufocar tais movimentos, em nome dos valores da República e do Estado Democrático de Direito”, além de ponderar a perspectiva do “considerável quantitativo de militares estaduais a serem submetidos à privações da liberdade, uma vez tipificadas as respectivas condutas delitivas”.

Previous articleCE já tem mais de 200 policiais afastados por motim
Next articleHomicídios passam de 100 durante motim de PMs
O Jornal Expresso CE, é um veículo da Publicmais -Edição de Jornais e Revistas, fundado em 15 de agosto de 2013., com edição impressa no formato tabloide, com circulação mensal em: Maranguape, Maracanaú, Pacatuba e Guaiúba e Edição Digital, dirigida para o Maciço de Baturité/CE. Mas, por conta da pandemia encerrou sua edição impressa em fevereiro de 2020, e a edição digital em agosto de 2021, quando o Jornal Expresso CE, completou 8 anos de atividades.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here