Home CEARÁ Higienização de compras é fundamental para evitar transmissão da doença

Higienização de compras é fundamental para evitar transmissão da doença

25
0

Atitudes básicas no dia a dia podem fazer a diferença no combate ao coronavírus. Os cuidados na hora de ir e voltar do supermercado, por exemplo, são essenciais para evitar a propagação da Covid-19.

Aldaíza Ribeiro, infectologista do Hospital Infantil Albert Sabin (HIAS), da rede pública da Secretaria da Saúde do Ceará, do Governo do Estado, orienta que as idas ao supermercado devem acontecer somente quando for necessário e respeitando as regras de distanciamento social.

“A higienização das mãos deve ser feita ao entrar e sair do estabelecimento. A pessoa deve usar máscara a todo momento e procurar manusear os produtos o mínimo possível, tocando somente nos que for levar”, explica.

Após o retorno para casa, é fundamental fazer a limpeza correta dos produtos. “Deve-se lavar as caixas com água e sabão. Dependendo do material, álcool e água sanitária também são adequados para a higienização. Os sacos externos devem ser descartados”, orienta Aldaíza.

A professora Maria Sousa, 39, segue as medidas recomendadas pelas autoridades de saúde e evita sair de casa. Quando precisa, faz as compras e as recebe em domicílio, realizando a higienizando em seguida das embalagens e produtos. Para ela, o esforço vale a pena. “Acredito que, agindo assim, estou protegendo a mim e e a minha família também”, disse.

A infectologista do Albert Sabin ressalta que as atitudes de Maria são um exemplo a ser seguido. “Todas essas medidas são necessárias para que as pessoas de uma residência não sejam infectadas pelo coronavírus, tanto pelas mãos quanto pelas embalagens de produtos de supermercado, que foram manipuladas por outras pessoas que não sabemos se estão contaminadas ou não”, pontua.

Fonte: Governo do Estado do Ceará

Previous articlePODER, POLÍTICA & MERCADO 15 DE MAIO DE 2020
Next articleCamilo Santana sanciona lei para multar quem espalha fake news
O Jornal Expresso CE, é um veículo da Publicmais -Edição de Jornais e Revistas, fundado em 15 de agosto de 2013., com edição impressa no formato tabloide, com circulação mensal em: Maranguape, Maracanaú, Pacatuba e Guaiúba e Edição Digital, dirigida para o Maciço de Baturité/CE. Mas, por conta da pandemia encerrou sua edição impressa em fevereiro de 2020, e a edição digital em agosto de 2021, quando o Jornal Expresso CE, completou 8 anos de atividades.