A presidente da Câmara dos Representantes dos EUA, Nancy Pelosi, entrou no coro de surpresa e alarme que surgiu depois do presidente norte-americano Donald Trump ter admitido tomar hidroxicloroquina para prevenir a Covid-19.

Ao ser questionada sobre o assunto pela CNN, Nancy Pelosi não se coibiu de dizer o que pensava sobre a decisão do presidente.

"É o nosso presidente, e preferia que não andasse tomando algo que ainda não foi aprovado pelos cientistas, especialmente com a sua idade e com a sua categoria de peso: 'Obesidade mórbida', dizem [os médicos]", referiu.

Trump tem 73 anos e no último check-up anual que fez em fevereiro do ano passado passou a barreira de ser considerado obeso, com um índice de massa corporal de 30.4. Um IMC de 30 ou acima é considerado obesidade severa ou mórbida.

“I would rather he not be taking something that has not been approved by the scientists, especially in his age group, and in his, shall we say, weight group: ‘Morbidly obese,’ they say,” says House Speaker Nancy Pelosi on Pres. Trump’s revelation he is taking hydroxychloroquine. pic.twitter.com/0ImjpEjg9q

— Anderson Cooper 360° (@AC360) May 19, 2020

O próprio regulador norte-americano desaconselha o uso do medicamento, utilizado até agora no tratamento da malária, por poder ter potenciais efeitos colaterais fatais. A Agência Europeia do Medicamento lançou um comunicado onde destaca que os dois só devem ser usados no âmbito da Covid-19 em caso de estudo clínico ou do uso emergencial e monitorado, para efeitos de investigação.

Aos jornalistas a partir da Casa Branca, em Washington, durante o dia de ontem, o presidente norte-americano disse que começou a tomar o medicamento recentemente. "Estou a tomar há cerca de duas semanas", admitiu.

Leia Também: Donald Trump anuncia que tem tomado hidroxicloroquina