COMPARTILHAR

O legítimo artesanato cearense agora conta com um novo espaço de vendas na internet. Nesta segunda (22), a Central de Artesanato do Ceará (CeArt) lança a loja virtual onde peças selecionadas estarão à venda com entrega gratuita para a cidade de Fortaleza. Com a iniciativa, o equipamento da Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS) visa ampliar o alcance das produções e alavancar a geração de renda para os artesãos. A loja está disponível no endereço: www.lojaceart.online

“A venda online do rico artesanato cearense proporcionará um incremento na economia estadual. Além disso, é uma maneira de o mundo conhecer os produtos e, assim, adquirir um pouco da nossa cultura. É preciso se modernizar e atingir o maior número de público possível, para valorizarmos ainda mais nossos artistas” destaca a primeira-dama do Ceará, Onélia Santana.



Renda de bilro, crochê, bordado à mão, richelieu, sapataria, areia colorida, dentre outras técnicas famosas no nosso estado estarão na vitrine. De forma pioneira, o Estado do Ceará lança uma plataforma que, além de divulgar o trabalho dos artesãos, realiza todo o processo de comercialização, facilitando a compra para os apreciadores e expandindo os horizontes para quem produz, como explica a titular da SPS, Socorro França. “Com a presença no meio digital, nossa política pública de apoio ao artesanato se moderniza e se insere em um mercado que só tende a crescer no Brasil e no mundo. Vender na internet hoje é abrir portas para os nossos artesãos e fortalecer ainda mais a nossa cultura”.

Com expectativas positivas, a coordenadora do desenvolvimento do artesanato, Patricia Liebmann, explica os benefícios da plataforma: “Até então, nossas vendas on-line se limitavam aos pedidos que chegavam pelas redes sociais. Com a loja virtual, criamos novos fluxos de comercialização que beneficiarão nossos consumidores, com a praticidade de comprar e receber em casa; e nossos artesãos, que contarão com mais oportunidades de venda”. Inicialmente, a loja realizará vendas exclusivas para Fortaleza, mas as vendas para o restante do estado e do país estão nos planos futuros.



As peças comercializadas no site, assim como nos pontos de venda da Central, passam por um criterioso processo de curadoria para obtenção do Selo CeArt, que desde 2015 as certifica como legítimo artesanato cearense. Entre os critérios para a aprovação estão qualidade, identidade cultural, respeito ao meio ambiente e responsabilidade social, o que torna os produtos mais competitivos no mercado.

Com peças à venda no site, a artesã Vaneide Bandeira, de Jaguaribara, conta sobre as expectativas: “Estou maravilhada por ter minhas peças na loja virtual da CeArt, o que para nós, artesãos, é uma forma de valorização do nosso trabalho. Com essa novidade, esperamos ter nossas peças cada dia mais conhecidas aqui e em todo o Brasil”.

Fonte: Governo do Estado