COMPARTILHAR

O ex-presidente do Banco do Brasil Rubem de Freitas Novaes será convidado a prestar esclarecimentos sobre sua renúncia ao cargo. O requerimento com a solicitação foi aprovado nesta quinta-feira (30) pela Comissão Mista do Congresso Nacional que acompanha a situação fiscal e a execução orçamentária das medidas relacionadas à covid-19.

“É fundamental a presença do senhor Rubem Novaes a esta comissão para que possamos compreender suas manifestações. O Banco do Brasil é um dos principais instrumentos de apoio do Estado brasileiro no combate aos efeitos da pandemia pela qual passa o país, servindo inclusive de instrumento de repasse dos recursos públicos para mitigação dos efeitos econômicos e sociais. Micro e pequenas empresas, por exemplo, têm se apoiado na Caixa Econômica Federal e no Banco do Brasil em busca de recursos para atravessar a queda drástica da economia”, justificou o senador Randolfe Rodrigues (Rede- AP), autor do requerimento.

Além de Randolfe, o senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) já havia manifestado interesse em saber do ex-presidente do BB o que o levou a pedir demissão, no 24 deste mês.

A comissão aprovou, também hoje, requerimento para que seja ouvido em audiência pública virtual o presidente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Carlos Von Doellinger.

Em ambos os casos, a data das audiências ainda não foi definida.

Com informação: Agência Brasil

Leia Também: Brasil deve ter quarta maior queda de PIB da América Latina, diz Cepal