COMPARTILHAR

Um estudante da Universidade Estadual do Rio de Janeiro morreu Nesta segunda-feira depois de ser atingido por uma bala perdida, em sua casa, noCatumbi, região central do Rio de Janeiro. Caio Gomes Soares, de 23 anos de idade tinha levantado da cama para ir à cozinha buscar um suco, por volta das 7h, quando foi baleado.

De acordo com a família, a bala que atingiu o jovem estudante de educação física atravessou a janela, um armário e, depois de atingir Caio, acertou numa televisão. Caio acabou falecendo nos braços da irmã, de 24 anos, que ouviu o barulho.



A mãe dos dois jovens, que é empregada doméstica, já estava no trabalho quando aconteceu a tragédia.

Os moradores indicam que a troca de tiros começou a ser ouvida no Morro da Coroa, que fica em frente à rua onde morava o jovem com a família, após a chegada da polícia militar, na madrugada desta segunda-feira.



De acordo com a Polícia Militar, os agentes foram acionados por causa de um suposto sequestro de um policial, que teria sido levado para o Morro da Coroa. Ao chegar ao local, as autoridades dizem ter sido recebida a tiro. A informação sobre o sequestro, porém, não se confirmou.

"Um menino todo do bem e de repente isso. Sabe? É muito triste porque você vem de outro estado, trabalha em casa de família. Dá toda a educação para seus dois filhos, forma seus filhos. É muito difícil isso, de repente", lamentou a mãe de Caio, em entrevista à TV Globo.