COMPARTILHAR
Discursar, apresentar-se e falar em público pode ser um enorme desafio que, se vencido, torna-se um grande aliado para todo empreendedor que deseja sucesso.

Batimento cardíaco acelerado, falta de ar, mãos suadas e pernas trêmulas. Se você já se sentiu assim alguma vez na vida quando precisou falar em público, saiba que essas sensações são totalmente normais.

O medo e a emoção à flor da pele impedem muita gente de realizar uma palestra, dar aula ou discursar. De acordo com uma pesquisa do jornal britânico The Times, falar em público é a maior fobia do ser humano, sendo citado mais vezes até que o medo de morrer.



Timidez, vergonha e constrangimento são características de quem não gosta de se falar em público. Mas elas podem se tornar grandes inimigas de alguém que deseja empreender, já que a comunicação é uma qualidade básica de quem quer algum destaque.

O ato de se comunicar na atualidade



No mundo de hoje, das redes sociais, das selfies e das lives, o empreendedor precisa falar em público, aparecer e mostrar seu conteúdo. Caso contrário, corre risco de ser engolido pelos concorrentes e simplesmente desaparecer.

É importante lembrar, contudo, que não é crucial que o idealizador de um projeto, o presidente de uma companhia, ou o CEO de uma startup apareça o tempo todo para conversar com seus clientes e falar em público. Sua aparição não é sinônimo ou garantia de sucesso. Ele é um empresário, não um apresentador de televisão ou youtuber.

Mas, para aumentar o seu share of mind, ou seja, ser a primeira, senão a única, marca lembrada pelo consumidor, você precisa aparecer, e aqui eu me refiro ao seu produto, ao seu serviço, à sua marca, à sua loja, e talvez, em determinados momentos, você.

A comunicação como parceiro de vendas

A comunicação eficiente tem o poder de transformar o cliente em parceiro, viabilizando, assim, o marketing espontâneo. Ele não apenas compra por necessidade, mas divulga e defende sua marca.

E o uso das redes sociais e dos canais de comunicação da internet para esse fim são fundamentais.

Uma boa comunicação, clara e transparente, tende a convencer mais o público a confiar em você, e gera resultados mais positivos para você como empresário ou profissional, e para sua empresa.

Vencendo o medo de falar em público

Se você faz parte desse grupo de pessoas que têm medo de aparecer e de falar em público, a dica é criar uma equipe de marketing e divulgação preparada para esse serviço.

As barreiras precisam ser superadas, e um bom time de marketing que invista no seu treinamento, pode te ajudar a como se comunicar melhor com seu cliente, e falar em público com mais facilidade e confiança.

Lembrando que a aparição do dono de uma empresa não é suficiente para garantir o sucesso de uma marca, mas pode ajudar, especialmente em momentos de crise e dificuldade, tanto para a empresa quanto para seus clientes e demais stakeholders.

//////////////////////////////////////////
Chief Executive Officer: O que é o CEO de uma empresa?
Talvez ele tenha acabado de chegar, mas foi contratado para comandar o time com responsabilidade e ética. O CEO é o mais alto posto dentro de uma empresa.  
 

CE, Chief Executive Officer, ou Diretor-executivo é a pessoa com maior autoridade dentro de uma empresa, e está no topo da hierarquia operacional. No Brasil, também chamado de presidente.

O CEO é um verdadeiro líder, que pode ser escolhido entre seus pares diretores para guiar a equipe e a companhia como um todo.

É do CEO a responsabilidade de entender toda a essência do negócio, implementar as estratégias, liderar a criação e a internalização nos demais colaboradores da cultura organizacional da empresa, além de representá-la formalmente no mundo exterior, como imprensa, entrevistas, eventos, e na comunidade.

Por isso, é indispensável que o CEO, ou presidente, possua boa comunicação, fluência e aceitação em todos os setores da empresa.

O CEO de uma empresa pode ou não nascer dentro dela

O CEO não é, necessariamente, o fundador ou membro mais antigo da organização, sendo muitas vezes um profissional contratado para exercer o cargo.

Naturalmente, é esperado dele que já disponha de experiências anteriores bem-sucedidas, especialmente porque a diretoria deposita nele a confiança que todo o time precisa ter, e as qualidades que os colaboradores precisam ver para ir em busca do sucesso.

Essa peça-chave na empresa é a principal referência para os colaboradores, investidores, sócios e clientes. É para ele que vão olhar quando quiserem compreender qual o papel de determinada empresa na sociedade.

Apesar de não haver a necessidade de ser um típico “prata da casa”, o CEO precisa internalizar as características da empresa e do time, e refletir em suas posturas e ações, os propósitos de cada envolvido com aquela marca.

Características exigidas de um CEO

O CEO é um profissional dotado de capacidade de organização, liderança, colaboração e coragem, ferramentas essenciais para competir no mercado.

Por ser o exemplo a ser seguido dentro daquela organização, ele deve ter afinadas inúmeras competências exigidas de um profissional do século 21, especialmente para refletir no time aquilo que é esperado.

O CEO, ou presidente ou ainda diretor-executivo, está sempre pronto para defender sua equipe, e disposto a correr os riscos necessários para colocar em prática as estratégias da empresa, até mesmo aquelas mais arriscadas.