COMPARTILHAR

A cirurgiã plástica Caren Trisoglio Garcia que atende em Ribeirão Preto, São Paulo, teve o registro profissional temporariamente suspenso pelo Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) após compartilhar na internet vídeos que mostram pedaços de pele e sacos com gordura humana.

A Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica analisou e considerou antiéticos e sensacionalistas os vídeos que expõem materiais como pele e gordura humana enquanto a cirurgiã dança, sorri e faz coreografias.



Segundo informou o site G1, a suspensão ocorreu na quinta-feira (8), mas passou a constar no site do Cremesp neste sábado (10).

A Cremesp afirmou que a médica também desrespeitou artigos que proíbem o profissional de apresentar resultados de cirurgias ou se autopromover em meios de comunicação com objetivo de conquistar clientes.