COMPARTILHAR

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Iris Stefanelli, 42, ex-BBB e ex-No Limite, continua muito assustada após sofrer um assalto com direito a arma na cabeça na avenida Nove de Julho, na região central de São Paulo.

"Desde as 11h, passei por duas delegacias, fiquei a tarde toda tentando resetar o celular. Não deixe esse tanto de aplicativos no aparelho, eles quebram todas as senhas e abrem tudo", disse.



Segundo ela, nem mesmo o fato de ter de colocar a face como senha fez com que os criminosos parassem os saques. "Eles entraram em tudo. Banco me deu retorno, falou que bloqueou, mas o rombo foi grande e só amanhã [segunda, 20] para saber como será feito."

No domingo (19), Iris assustou os fãs ao publicar vídeos e contar sobre o ocorrido. Em duas das publicações, já apagadas, Stefanelli falava que estavam "esvaziando suas contas", classificou o que passou como "show de horror" e ainda ameaçou processar seu banco por não atendê-la. Stefanelli contou que foi abordada por bandidos armados.



"Acabei de sofrer um show de horror de assalto, arma na cabeça, soco no carro (…) acho que agradeço ao bandido por estar viva, sinceramente", disse ela no vídeo.

"Gente, está bem desgastante. No momento não tenho um centavo na bolsa. Já conseguiram até usar o limite de R$ 40 mil do cheque especial. A aposentadoria da mãe, todo o dinheiro, tudo, tudo foi limpo, todo o dinheiro da minha mãe", disse ela.

Nos stories do Instagram, a ex-participante de realities afirmou, também em tom de preocupação, que os bandidos chegaram a entrar no email em que ela tinha o boletim de ocorrência do assalto e apagaram o documento.

Em entrevista ao Balanço Geral (Record) na manhã desta segunda-feira (20), Iris disse que agora teme sair de casa. "Tenho funcionário para pagar e tenho que andar em tudo quanto é lugar. Agora fico com medo de sair de casa e trabalhar. Minha vontade é tirar férias, mas não posso", revelou.