COMPARTILHAR

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A porcentagem de resultados positivos da Covid-19 em testes rápidos vendidos nas farmácias caiu para o menor patamar desde que o serviço começou, em abril de 2020, segundo levantamento da Abrafarma, associação que reúne grandes redes de drogarias.

Aproximadamente 11% de todos os exames realizados nas farmácias de 4 a 10 de outubro detectaram a doença, totalizando cerca de 15 mil diagnósticos na semana. Os testes podem avaliar antígenos ou anticorpos.



O volume de casos positivos diminuiu em 15 estados, na comparação com os sete dias anteriores, e se manteve no mesmo patamar ou aumentou no máximo 6% no resto do país, ainda conforme o levantamento.