COMPARTILHAR

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) – Um forte temporal neste sábado (23) no Paraná, com ventos de até 100 km/h e granizo, danificou 938 casas, deixou 32 pessoas desalojadas e causou o desligamento automático de cinco unidades geradoras da usina de Itaipu.

Segundo a Defesa Civil do estado, 19 municípios foram atingidos, sendo que em pelo menos dez houve chuva de granizo. Foz do Iguaçu foi a cidade com o maior número de casas danificadas (600).



Equipes da Defesa Civil, dos Bombeiros e da Secretaria de Justiça, Família e Trabalho do Paraná estiveram em campo para ajudar no socorro às vítimas. Foram distribuídos colchões, lonas e telhas para os locais mais afetados. Neste domingo (24), 16 pessoas permaneceram em abrigos provisórios.

A Copel (Companhia Paranaense de Energia) afirmou que o temporal do fim de semana foi o mais grave enfrentado pela companhia no interior.



Mais de um milhão de domicílios tiveram desligamento de energia por algum tempo durante as chuvas, diante da ocorrência de raios, queda de árvores, e rajadas de vento, sendo que 144 mil seguem sem energia.

Neste domingo, 1.350 profissionais de emergência, manutenção e obras da Copel trabalharam na reconstrução das redes elétricas do oeste, sudoeste, noroeste e norte do Estado.

Já a Sanepar (Companhia de Saneamento do Paraná) disse que a falta de energia elétrica afetou o abastecimento de água em 85 localidades atendidas pela companhia, sendo as regiões noroeste e oeste as mais atingidas. Em Foz do Iguaçu, o temporal prejudicou o abastecimento para 70% da cidade.

O forte temporal na cidade também resultou no desligamento automático, por questões de segurança, de 5 das 20 unidades geradoras da usina hidrelétrica de Itaipu. A situação foi normalizada ainda no sábado.

Em nota, a usina afirmou que "o temporal não trouxe qualquer impacto para as instalações da usina de Itaipu, que segue operando normalmente, com total disponibilidade de potência e energia".

Segundo o Simepar (Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná), a estabilidade voltará a predominar em grande parte do estado nesta segunda-feira (25). Apenas na região leste do estado, devido à incursão dos ventos do oceano, haverá uma maior concentração de nuvens, com possibilidade para chuva fraca isolada.